Preços indicativos do mercado imobiliário

Perola da Lagoa Golf Resort, Obidos

 

Portugal continua a ser um paraíso para os investidores estrangeiros no sector imobiliário, uma vez que possui oferta suficiente para os diferentes interesses: habitação permanente, casa de férias ou somente investimento.

As regiões mais procuradas pelos estrangeiros são o Algarve e a zona da Grande Lisboa.

Abaixo, temos um breve guia de preços e impostos sobre a propriedade e meios de financiamento.

Preços Imobilíarios

O preço dos imóveis de luxo no Algarve situa-se entre os mais elevados do país, variando entre 3.400 e 4.000 € por metro quadrado e duplicaram desde 1999.

Na região de Lisboa, variam entre 2.500 e 3.100 € por metro quadrado.

Além do tamanho e qualidade da construção, a localização do edifício é o factor que mais influencia o preço. As propriedades mais caras são as que se localizam perto das praias ou de centros urbanos, sendo que no topo temos as propriedades localizadas em campos de golfe ou à beira-mar.

Houve um aumento de preços até 2004, que seguidamente sofreram uma estagnação. Neste momento e desde o ano de 2008 a tendência é a queda dos preços. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), o preço por metro quadrado atingiu valores de 1.245 € em Junho de 2006 e em 2008 caiu para valores inferiores a 1.220 €.

Em Lisboa, os preços sofreram uma queda de 1,86% no ano de 2004. Em 2005 subiram 1% e em 2006 registou-se nova subida de 1,3%. 2007 foi o ano da estagnação.

No Algarve, verificou-se um maior aumento de preços em relação ao resto do país nos últimos anos. O ano de 2007 terá sido a excepção, uma vez que reflectiu um aumento de apenas 0,13%, com um aumento de 6% no ano anterior. O índice do preço das moradias manteve-se firme em relação ao dos apartamentos.

O valor da habitação em Portugal deverá aumentar ao longo dos próximos cinco anos. O preço médio por metro quadrado (1.150 € - 3º trimestre 2008) tende a aproximar-se ao do mercado espanhol (2.065 € - 3º trimestre 2008) devido ao aumento da procura dos investidores espanhóis.

Tipo de propriedade

Graças à diversidade de oferta do mercado imobiliário Português, é possível encontrar uma série de diferentes tipologias de casas, desde um pequeno estúdio até às grandes propriedades latifundiárias com centenas de hectares. Existem cada vez mais projectos de renovação e reabilitação de casas tradicionais, como quintas ou solares.

Lote de terreno

Antes de comprar um lote, certifique-se que é possível obter licença de construção e que não existem quaisquer restrições na execução do seu projecto. Solicite uma avaliação com levantamento topográfico a fim de confirmar os limites do terreno.

Tenha em consideração o tamanho do imóvel e a orientação solar na escolha do terreno.

Apartamento

Existem vários tipos, tamanhos e qualidades de apartamentos em Portugal. Desde o estúdio construído na década de 70 numa cidade dormitório até ao apartamento de luxo de um andar inteiro à beira-mar com vista para um campo de golfe no interior de um “resort” de luxo no Algarve.

Como é óbvio, os preços também são muito diferentes e situam-se entre valores inferiores a 70.000 € para os estúdios e até mais de um milhão para os apartamentos de luxo.

O comprador de um apartamento torna-se de facto, membro do condomínio do edifício. A lei Portuguesa exige que os co-proprietários tenham os seus próprios estatutos, especificando as partes comuns do edifício, o regulamento e as taxas do condomínio, etc... Recomenda-se vivamente que tome conhecimento dessas regras e da Lei de Propriedade Horizontal, antes de tomar uma decisão.

Vivenda

À excepção de castelos, solares ou vivendas no interior de “resorts”, as moradias são geralmente construídas em pequenas parcelas de 350 a 500 metros quadrados que não deixam espaço para desfrutar de um jardim ou construir uma piscina.

A qualidade de construção, relativamente baixa até meados dos anos 80, tem vindo a melhorar desde então, graças à introdução de um novo regulamento para a construção de casas. Por exemplo, impõem-se estruturas anti-sísmicas, paredes duplas com isolamento térmico e vidros duplos.

Os preços situam-se entre 150.000 €, valor de uma pequena casa de 2 quartos localizada no campo até alguns milhões de Euros para uma mansão na região de Lisboa ou Algarve.

Casa em banda

São casas construídas em banda que compartilham uma ou mais paredes. O conceito de moradia em banda é bastante recente em Portugal e tem sido bastante utilizado para a construção de novos empreendimentos turísticos.

Estas casas têm jardim privado, havendo a possibilidade de ter de compartilhar áreas comuns, como piscinas e espaços verdes. Quando integradas num resort, aplicam-se as regras do condomínio.

Os preços variam entre € 100.000 na compra de um estúdio e mais de 400.000 € na compra de casas de 3-4 quartos num “resort” de luxo.

Preços médios por tipo de imóvel

Os preços médios variam, a nível nacional, de acordo com a sua localização Nas zonas rurais praticam-se preços baixos e em locais como campos de golfe ou à beira-mar praticam-se os preços mais elevados do mercado. Encontram-se listados abaixo os preços médios por tipo de imóvel e por região.

 
Quartos
0
1
2
3
4
5/6
Estudio
€ 80,000
 
 
 
 
 
Apartamento
 
€ 110,000
€ 150,000
€ 210,000
€ 270,000
 
Casa em banda
 
€ 135,000
€ 150,000
€ 210,000
€ 300,000
 
Vivenda
 
 
€ 250,000
€ 380,000
€ 510,000
€ 750,000

Custos envolvidos na compra de um imóvel

Preços medios por região

APARTAMENTOS
Preços em Euros (€)
1-quarto
2-quartos
3-quartos
4-quartos
Lagos
81,000 117,000 153,000 198,000
Praia da Luz
135,000 162,000 243,000 360,000
Sagres
144,000 180,000 288,000 351,000
Albufeira
90,000 126,000 180,000 207,000
Vilamoura
166,500 234,000 288,000 351,000
Quinta do Lago
315,000 477,000 630,000 810,000
Vale do Lobo
225,000 378,000 711,000 702,000
Faro
108,000 126,000 153,000 225,000
Tavira
99,000 108,000 144,000 171,000
Castro Marim
81,000 126,000 189,000 225,000
Costa de Prata
90,000 117,000 144,000 189,000
Coimbra
81,000 90,000 126,000 171,000
Figueira da Foz
90,000 108,000 144,000 225,000
Aveiro
90,000 99,000 117,000 189,000
Lisboa
126,000 171,000 198,000 252,000
Cascais
126,000 162,000 207,000 315,900
Estoril
117,000 162,000 270,000 369,000
Sintra
90,000 108,000 153,000 189,000
Costa Azul
72,000 99,000 126,000 162,000
Vila Nova de Milefontes
90,000 99,000 144,000 180,000
Zambujeira do Mar
117,000 135,000 171,000 243,000
Barragem Alqueva
72,000 81,000 108,000 144,000
Rio Douro
63,000 90,000 162,000 144,000
Porto
81,000 108,000 135,000 252,000
Costa Verde
63,000 99,000 117,000 144,000

 

VIVENDAS
Preços em Euros (€)
1-quarto
2-quartos
3-quartos
4-quartos
Lagos
279,000 360,000 558,000 855,000
Praia da Luz
261,000 495,000 558,000 891,000
Sagres
355,500 378,000 450,000 576,000
Albufeira
189,000 315,000 603,000 900,000
Vilamoura
306,000 432,000 495,000 738,000
Quinta do Lago
504,000 630,000 855,000 1,080,000
Vale do Lobo
450,000 540,000 657,000 855,000
Faro
234,000 342,000 450,000 648,000
Tavira
144,000 198,000 252,000 342,000
Castro Marim
279.900 648,000 909,000 1,233,000
Costa de Prata
180,000 306,000 423,000 720,000
Coimbra
99,000 198,000 297,000 459,000
Figueira da Foz
180,000 234,000 288,000 297,000
Aveiro
189,000 333,000 459,000 486,000
Lisboa
234,000 252,000 297,000 603,000
Cascais
234,000 513,000 558,000 1,080,000
Estoril
225,000 459,000 477,000 855,000
Sintra
189,000 288,000 432,000 810,000
Costa Azul
162,000 225,000 378,000 612,000
Vila Nova de Milefontes
121,500 198,000 279,000 495,000
Zambujeira do Mar
225,000 378,000 540,000 684,000
Barragem Alqueva
180,000 288,000 630,000 702,000
Rio Douro
144,000 198,000 252,000 342,000
Porto
279,000 648,000 918,000 1,242,000
Costa Verde
396,000 612,000 657,000 1,197,000

Hipotecas

É relativamente fácil para um não-residente ou até mesmo uma offshore obter um crédito hipotecário junto de uma instituição bancária portuguesa. Compare os juros oferecidos com os que são praticados no seu país.

Visto que a transacção é efectuada em Euros, convém pedir o empréstimo na mesma moeda, a fim de evitar o risco cambial, que poderá provocar um efeito especulativo no investimento.

As taxas de juros hipotecários são geralmente estabelecidas com base na Euribor (a taxa publicada pela Federação Bancária Europeia) acrescida de um “spread” de 1% a 2%.

Se optar por contratar um empréstimo, deve ser detentor dos seguintes documentos: recibos de ordenado, referências bancárias, extractos de conta bancária (mínimo 3 meses), cópia autenticada do passaporte, atestado de residência, número de contribuinte, e os documentos referentes à compra do imóvel. Alguns bancos exigem também uma apólice de seguro de vida que cubra o valor do empréstimo em caso de morte ou invalidez permanente.

Os empréstimos hipotecários são concedidos com base numa percentagem do valor do imóvel avaliado por um perito contratado pela instituição financeira. Consequentemente, esse valor poderá ser inferior ao valor do preço de compra. A percentagem máxima concedida situa-se, normalmente, entre 75% e 80% da avaliação. O prazo não ultrapassa os 25 a 30 anos e a idade do mutuário não pode exceder 70 anos no termo do contrato.

No entanto, existem casos de compradores estrangeiros que contrataram empréstimos até 90% do valor, por um período de 40 anos.

Os custos associados à compra não são incluídos no cálculo de avaliação.

Bancos

A sucursal do Banco Totta & Açores em Londres, agora chamado Banco Santander Totta foi o primeiro banco a conceder empréstimos hipotecários a investidores estrangeiros. Actualmente outros bancos adoptaram essa medida e oferecem prestações de serviço equivalentes:

Comentários

Adicionar um comentário

The Residences
Preços indicativos do mercado imobiliário